Quais os documentos necessários para tirar a cidadania italiana?

Quais os documentos necessários para tirar a cidadania italiana
Compartilhe

Se você entrou aqui para saber mais sobre os documentos necessários para obter a cidadania italiana de maneira simples e rápida, bem como toda a burocracia envolvida no processo, saiba que você está no lugar certo. Neste artigo, iremos abordar tudo acerca dos documentos, assim como a necessidade de cada um.

A Itália é um dos países que mais possui brasileiros com dupla cidadania no mundo. Ao todo, são aproximadamente 9 mil cidadanias concedidas em média por ano, segundo pesquisas realizadas pelo Eurostat em 2017, o que representa mais de 40% em relação ao total de 21 mil brasileiros que buscam a segunda cidadania por ano.

No blog da Fast Translation, temos um verdadeiro guia completo sobre tudo que envolve a cidadania italiana para você ficar por dentro e saber como todos os trâmites funcionam. Clique aqui e confira!

Para saber mais sobre quem tem direito à cidadania italiana, em nosso blog temos um artigo completo sobre o assunto para você ficar por dentro e saber se, de fato, tem a oportunidade de ser um cidadão italiano. Clique aqui e confira!

Neste artigo, nós vamos abordar o assunto sob uma nova perspectiva. Após você realizar a leitura dos dois artigos acima citados, você irá conferir mais sobre a parte burocrática, ou seja, a lista de documentos requeridos para obtenção da cidadania italiana. Continue com a gente!

Quais são os documentos necessários para obter a cidadania italiana?

 

Fonte:https://vivertrabalhareestudarnoexterior.com/cidadania-italiana-documentacao/

No mundo inteiro, são mais de 150 países que podemos entrar apenas com a cidadania italiana. Muitos consideram um dos melhores passaportes do mundo, mas alguns países como a Índia, Mongólia, Guiné, Congo, Nigéria, Arábia Saudita, Iêmen, Síria e Ruanda ainda exigem a entrada no país com os seus respectivos vistos.

Em resumo, a cidadania italiana serve para você se tornar um cidadão do velho continente e poder morar em qualquer um dos mais de 20 países que fazem parte do bloco da União Europeia, além dos demais que fazem parte do Espaço Schengen, que inclui Islândia, Noruega e Suíça. Tudo isso de maneira simples e sem a necessidade de solicitação de vistos, limite de permanência ou qualquer outro imbróglio que possa vir a ocorrer ao longo do caminho.

Entre as principais vantagens de ser um cidadão italiano, podemos destacar:

  • Facilidade de entrada nos Estados Unidos e no Canadá;
  • Visto de trabalho na Oceania;
  • Direito à saúde pública;
  • Direito ao trabalho;
  • Direito à residência;

Os documentos necessários para conquista da cidadania italiana são:

  • Registro de nascimento do antepassado italiano que deu origem ao direito à cidadania;
  • Certidão de casamento;
  • Certidão de óbito (quando houver);
  • Certidão de nascimento, casamento e óbito (quando houver) de toda a linha familiar desde o antepassado até o requerente;
  • Comprovante de residência;
  • Cópia Simples de identidade.

É importante ressaltar que caso o antepassado não tenha registro de nascimento civil,  o documento de batismo emitido pela paróquia pode substituí-lo.

Listagem de documentos por tipo de cidadania Italiana

Como pudemos ver no tópico anterior, não são muitos os documentos necessários para solicitar a cidadania italiana. Entretanto é válido ressaltar que tanto por via judicial quanto por via administrativa, os documentos necessários são os mesmos, sendo os seguintes:

  • Certidão italiana de nascimento do antepassado;
  • Certidões brasileiras de toda a linha de descendência que liga o candidato ao ascendente italiano;
  • Certificado de casamento de toda a linha de descendência;
  • Certidões de óbito (caso tenha do antepassado italiano);
  • CNN – Certidão Negativa de Naturalização do antepassado italiano.

Cidadania Italiana por Casamento

Para tirar a cidadania italiana por casamento, são necessários os seguintes documentos, sendo necessário alguns diferentes das ocasiões anteriores: 

  • Comprovação de conhecimento do idioma italiano através de um teste; 
  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de antecedentes Criminais Federais do Brasil e de países onde residiu;
  • Certidão de casamento transcrita na Itália;
  • Comprovante de pagamento da solicitação;
  • Comprovante de residência;

Por fim, é importante ressaltar que todos os documentos necessitam de tradução juramentada e apostilamento de Haia para que sejam válidos e possam ser usados na solicitação de sua cidadania italiana sem maiores problemas, além de menor burocratização e harmonização entre as partes.

Entre em contato agora mesmo com um de nossos consultores e solicite um orçamento! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *